Pipa

Soltar pipa é, com certeza, uma brincadeira nostalgica que podemos reproduzir com os nossos filhos. Com uma linha, a garotada empina os “papagaios” fazendo malabarismos no céu.

Normalmente vamos a um descampado grande ou parques, onde podemos correr a vontade. Mas também é possível soltar pipa em um pequeno espaço, com menos de um metro. Tudo que você tem a fazer é ficar de costas para o vento e ir administrando a linha. Deixe um pouco de linha fora do carretel, tomando cuidado para não embolar. E quando a pipa for puxando, você vai liberando linha até ela ficar flutuando no céu, bem lá no alto.

Se você quiser que a pipa desça, puxe a linha para baixo. Se quiser que ela mova para a direita ou para a esquerda é só puxar para baixo (deixando a mão meio mole, tremendo) e ir para o lado desejado.

Mas atenção para alguns cuidados:

  • Não solte pipa nos dias de chuva, pois se houver relâmpagos no céu, você pode receber uma descarga elétrica, que pode ser fatal;
  • Cuidado com as antenas, existentes em quase todas as residências e os fios elétricos;
  • Não escolha linha metálica (fio de cobre ou bobinas), nem papel laminado para usar em sua pipa.
  • Não use cerol (mistura cortante de vidro moído e cola que se passa na linha com que se empinam papagaios ou pipas, a fim de que possa talhar a linha de outro papagaio ou pipa quando ambos estão no ar)

Abaixo, coloquei um tutorial de como montar uma pipa, tirado da revista Época. Aproveite com a molecada e divirta-se.

 

Dra. Leslye Sartori

Dra. Leslye Sartori

Graduada em Medicina pela Fundação Universitária Regional de Blumenau - SC (FURB), Especialização em Pediatria pela Universidade Estadual de Londrina - PR (UEL) e Pós-Graduada em Nutrologia pela Associação Brasileira de Nutrologia - ABRAN.

Conheça a Dra. Leslye

0 views